Pesquisas em Andamento


 

LINHA DE PESQUISA: FORMAÇÃO HUMANA E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE

TECENDO REDES DE COLABORAÇÃO NO ENSINO E NA PESQUISA EM EDUCAÇÃO: UM ESTUDO SOBRE A DIMENSÃO SUBJETIVA DA REALIDADE ESCOLAR

Financiador: CAPES – Programa de cooperação Acadêmica (PROCAD)

Coordenação local UERN: Silvia Maria Costa Barbosa

Período: 2014- atual

Descrição: A parceria entre a PUC-SP, a UFPI, a UFAL e a UERN por meio de um PROCAD se constitui numa possibilidade concreta de impulsionar o desenvolvimento acadêmico e, ao mesmo tempo, promover a consolidação de programas iniciantes como o da UERN, de modo a viabilizar a mobilidade de docentes e discentes da pós-graduação e graduação entre as equipes de pesquisa responsáveis pela execução do projeto. Neste sentido, espera-se que a participação do POSEDUC numa rede de cooperação possa minimizar um de seus maiores desafios, qual seja o da produção científico-acadêmica de seus docentes e discentes. O POSEDUC tem uma área de concentração Processos Formativos em Contextos Locais?, atuando em duas Linhas de Pesquisa: Formação Humana e Desenvolvimento Profissional Docente e Políticas e Gestão da Educação. A propósito, realça-se que a participação do POSEDUC num PROCAD que tem como eixo de discussão e de articulação a dimensão subjetiva da realidade escolar reforça seus intentos de pesquisa, nomeadamente, quando se propõe empreender um exercício de reflexão e de crítica sobre as políticas educacionais e os espaços escolares, pensando numa inserção mais acurada dos sujeitos (docentes, gestores, alunos, pais, funcionários) na realidade que os envolve. Os sujeitos constituem a realidade e são constituídos por ela na medida em que se tornam produtores históricos de sentido e de práticas sociais. Para atingir seus objetivos institucionais, o POSEDUC conta com a cooperação da PUC-SP, da UFPI e da UFAL no sentido de contribuir com a melhoria da escola pública, uma vez que a vinculação com programas mais experientes no desenvolvimento da pesquisa e no ensino da pós-graduação, inclusive com participação de outros editais do PROCAD, traz a rica aprendizagem da pesquisa em rede, de projetos conjuntos no ensino, da formação continuada de seus docentes e de seus mestrandos. Diante dos resultados alcançados, este novo projeto de cooperação acadêmica, tendo como proponente, mais uma vez, o PED da PUC-SP e como associadas o PPGED/UFPI e o POSEDUC/UERN, fortalecerá a parceria com a PUC-SP e poderá consolidar duas novas parcerias com programas de pós-graduação em Educação, de instituições públicas, localizadas na região Nordeste. Também é importante destacar que esta parceria irá colaborar na elevação do padrão de qualidade da formação de profissionais em nível de graduação e pós-graduação; elevar a produção científica desses programas e contribuir com subsídios para a qualificação dos programas que materializam as Políticas Públicas de Formação de Professores; mobilizar, de um lado, docentes, pesquisadores e orientadores e, de outro, discentes de pós-graduação dos grupos de pesquisa envolvidos no Projeto, contribuindo para ampliação da formação de mestres e doutores no país e da produção científico-acadêmica no âmbito dos Programas de Pós-Graduação envolvidos. Assim, a cooperação científica e acadêmica entre as quatro equipes mediante o ensino, a pesquisa, a produção e divulgação de conhecimentos sobre a Dimensão Subjetiva da Realidade Escolar contribuirá para o desenvolvimento de novas linhas de pesquisa em Educação nos Programas participantes e elevará a qualidade dos Programas envolvidos, conforme for ampliando a formação de docentes pesquisadores em nível de Mestrado e Doutorado e, por extensão, de Graduação. Deste modo, a expectativa é potencializar as condições de resposta aos anseios e necessidades da sociedade contemporâneas, em especial a brasileira. 

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (6) . 

PRÁTICAS EDUCATIVAS EM CONTEXTOS DIVERSOS: CONTRIBUIÇÕES DE VYGOTSKY E PAULO FREIRE

Coordenação: Hostina Maria Ferreira do Nascimento

Período: 2018-atual

Descrição: Os pesquisadores que propõem este projeto, configurado no formato guarda-chuva, se subdividem em dois grupos de pesquisa atuantes na Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, na pós-graduação e no Curso de Pedagogia, realizando ações de pesquisa, ensino e extensão: o Grupo de Estudos e Pesquisa Educação e Subjetividade ? GEPES e o Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Linguagens, GEPEL, este último na intersecção com o Grupo de Extensão Diálogos em Paulo Freire e Educação Popular, LEFREIRE. A pesquisa objetiva compreender como a ação educativa potencializa o processo de elaboração conceitual, a partir de duas matrizes teórico-metodológicas: o pensamento de Vygotsky e o de Paulo Freire. As metodologias desta pesquisa resguardarão a autonomia dos pesquisadores e grupos aqui proponentes: o arcabouço da psicologia sócio-histórica que se alicerça em Vygotsky e a problematização da realidade fundada no pensamento de Paulo Freire. Para atingi-los serão realizadas ações coletivas envolvendo a pós-graduação e a graduação da Faculdade de Educação da UERN na perspectiva da elaboração criativa de estratégias metodológicas individuais e coletivas. Neste sentido, serão realizadas disciplinas na graduação e na pós-graduação abordando os conceitos e categorias estudados. Projetos integrantes de um núcleo de extensão buscarão contribuir ao campo das pesquisas desenvolvidas. Eventos científicos permitirão a reflexão sobre as abordagens estudadas com a participação de pesquisadores de outras instituições. A produção e publicação de artigos em co-autoria abordando os produtos e os processos das pesquisas, na perspectiva da produção teórica sistematizada e colaborativa, trarão contribuições teórico-práticas à Faculdade de Educação e, consequentemente, ao seu Programa de Pós-Graduação em Educação- POSEDUC.

Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3)

 

LINHA DE PESQUISA: POLÍTICAS E GESTÃO DA EDUCAÇÃO

POLÍTICAS CURRICULARES E DE GESTÃO EM ESCOLAS DE TEMPO INTEGRAL

Coordenadora: Marcia Betania de Oliveira
Período: 2019-atual

Financiador: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro – Aprovado no Edital Universal CNPq/2018

Descrição: Este projeto propõe investigações em torno de políticas curriculares e de gestão em escolas de tempo integral nos município de Mossoró/RN, Aracati/CE e Russas /CE. Entende que esse modelo de escola se apresenta como política educacional que acaba por interferir nas dinâmicas escolares, incidindo, por vezes, em políticas curriculares e de gestão. Como questão principal busca compreender como escolas locais de tempo integral são geridas, considerando seu financiamento, formação docente e processos didático-pedagógicos, incluindo questões em torno de uma Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Pretende analisar como as escolas lócus de investigação se apropriam (adaptam, reinterpretam e recriam) desta política. Também, pretende investigar formas de resistência às orientações, quase sempre centralizadas, para implementar esse modelo de escola. Destaca quatro categorias de investigação: Financiamento e gestão; Formação docente; Processos didático-pedagógicos; Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Como forma de transversalizar as discussões em torno das categorias a serem analisadas, serão investigados sentidos atribuídos aos significantes qualidade da educação, protagonismo juvenil, formação integral, metodologia inovadora de ensino, ensino comum a todos, dentre outros que vierem a ser destacados ao longo do projeto. Para as análises quanto às formas de apropriação, reinterpretação e resistências da política em pauta será utilizado referencial teórico de Stephen Ball e colaboradores sobre ciclo de políticas. Quanto aos sentidos atribuídos à qualidade da educação, protagonismo juvenil, formação integral, metodologia inovadora de ensino, ensino comum a todos, dentre outros que vierem a ser destacados ao longo do projeto, será utilizada a teoria do discurso de Laclau. Defendemos que ambas as perspectivas teóricas são potenciais e produtivas nas análises da política em pauta, atendendo cada uma a análises diferenciadas..

Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1)

ACCOUNTABILITY NO SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO DE MOSSORÓ-RN (2011-2018)

Coordenação: Allan Solano Souza

Período: 2018- atual

Descrição: O presente projeto de pesquisa tem como objetivo analisar as configurações da política de accountability implementada nos sistemas educacionais brasileiros, no contexto da globalização neoliberal e da nova gestão pública implantada a partir da década de 1990. Como recorte desse estudo será realizado um estudo de caso no município de Mossoró-RN, considerando que desde 1996, esse ente federativo tem incorporado a lógica do novo gerencialismo na concepção e execução de suas políticas educacionais. Tem como finalidade, compreender quais são as configurações da política de accountability na educação pública municipal. A metodologia empregada consistirá nas orientações da abordagem quanti-qualitativa, realizada em quatro fases: revisão bibliográfica; levantamento documental; entrevistas e aplicação de questionários; por fim, organização e análise de conteúdo..

Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . 

GESTÃO DA EDUCAÇÃO NA CONTEMPORANEIDADE: DAS POLÍTICAS ÀS PRÁTICAS PROFISSIONAIS NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Coordenadora: Arilene Maria Soares de Medeiros

Período: 2018- atual

Descrição: Este projeto de pesquisa visa agregar uma visão ampla e plural em torno da problemática da Gestão da Educação na contemporaneidade, considerando aspectos teóricos fundamentais a sua compreensão no contexto da Educação Básica. Tais aspectos se referem à democracia, participação, qualidade da educação, diversidade, subjetividade e responsabilização. Pretende ser um projeto de pesquisa guarda-chuva a ser desenvolvido por um período de doze meses no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (POSEDUC/UERN), envolvendo alunos da pós-graduação stricto sensu (nível de Mestrado) e da graduação (Iniciação Científica e Trabalho de Conclusão de Curso), de modo a contribuir com o fortalecimento da Linha de Pesquisa Políticas e Gestão da Educação. A Gestão da Educação, conforme entendimento, abrange reflexões acerca dos Sistemas Públicos de Educação ? quer sejam estaduais ou municipais, nos quais se originam as políticas educacionais locais em consonância com os marcos nacionais, bem como da escola pública, em seus aspectos administrativos e pedagógicos, não desconsiderando os sujeitos que atuam nela. A metodologia é de natureza qualitativa, cujos instrumentos e técnicas abrangem análise documental, entrevistas semiestruturadas, grupos focais, dentre outras. Visa contribuir com: a) consolidação da linha de Pesquisa Políticas e Gestão da Educação do POSEDUC, tendo em vista sua ascensão na próxima avaliação quadrienal da CAPES; b) a produção científica a ser publicada em livros, periódicos e anais; c) a divulgação de resultados de pesquisa em eventos (inter)nacionais, regionais, locais

Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (6) . 

POLÍTICAS DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA: USOS DE RESULTADOS E REPERCUSSÕES EM CONTEXTOS LOCAIS

Coordenadora: Maria Edgleuma de Andrade

Período: 2018- atual

Descrição: Este projeto tem por objetivo analisar as políticas de avaliação da educação básica em municípios do RN e Ceará no tocante a implementação, uso de resultados e indicadores como instrumento da gestão educacional, bem como os desdobramentos dos mecanismos de accountability no âmbito dos sistemas educacionais e escolas. Trata-se de pesquisa integrada, envolvendo subprojetos de mestrandas e alunas de iniciação científica, com estudos que problematizam a avaliação educacional em diferentes contextos locais. Nosso estudo apresenta os seguintes questionamentos para análise: De que forma sistemas educacionais e escolas usam os resultados das avaliações em larga escala para a melhoria do ensino? Quais as repercussões da avaliação em larga escala no cotidiano da escola, gestão escolar e trabalho docente? A pesquisa contempla os municípios de Icapuí-Ce, Limoeiro do Norte-Ce e Mossoró-RN, através da análise de dados oficiais das avaliações disponíveis no MEC, INEP, documentos locais relativos à avaliação, aplicação de questionários e entrevistas com gestores e docentes da educação básica (anos iniciais e finais)..

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) .

 

LINHA DE PESQUISA: PRÁTICAS EDUCATIVAS, CULTURA, DIVERSIDADE E INCLUSÃO

 

AS INFÂNCIAS POTIGUARES E SUAS DIFERENÇAS: ENSINO, FORMAÇÃO E PRÁTICAS CURRICULARES

Coordenação: Francisca Maria Gomes Cabral Soares

Período: 2018-atual

Descrição: Há no cenário nacional e internacional um debate efervescente acerca da inclusão/exclusão escolar e social. A acolhida ao diferente como proposta de trabalho está no âmbito de discussões sobre educação inclusiva na academia, como uma temática atual e relevante. Por isso, esta proposta de pesquisa tem como objetivo contribuir para o conhecimento das infâncias potiguares, seus contextos culturais, diferenças, concepções e significados, visando a notoriedade/problematização das aprendizagens da formação e do desenvolvimento curricular instituído na Educação Infantil e Anos Iniciais. Para isso, pretende-se realizar uma investigação quali-quantitativa, considerando a natureza da temática e sua pertinência na orientação, sistematização das observações, das entrevistas e da revisão bibliográfica e documental, como instrumentos evocados em estudos de casos instrumental e de tipo etnográfico. Assim, considerando que as abordagens quali-quantitativas diferem no que buscam, mas complementam-se em pretender valorizar os dados oriundos do contexto. Espera-se com isso o fortalecimento de práticas formativas, inicial e continuada, para a inclusão e maior reflexão sobre o desenvolvimento curricular das aprendizagens na infância. Além de produção de conhecimento acadêmico, com foco multidisciplinar, sobre as infâncias.

Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) .

INCLUSÃO DE PESSOAS DEFICIÊNCIA VISUAL NO CINEMA: UM PASSEIO PELA ESTEIRA DO OLHAR COMO OS OLHOS DO OUTRO

Coordenação: Ana Lúcia Aguiar

Período: 2018-atual

Descrição: As discussões atuais sobre deficiência, acessibilidade e inclusão tem ampliado as discussões e consolidado ações na busca de superação de barreiras, direcionando para a disseminação e convicção da necessidade de novos saberes, novas práticas, outras atitudes. Como realizar a inclusão cultural, agir, cuidar, adequar metodologias, realizar uma comunicação visual, trazer uma didática, conviver com o escuro, trazendo uma luz na escuridão às aulas onde se incluam atividades audiovisuais, como utilização de DVD, cinema, televisão, artes, júris simulados, exposição de trabalhos, visitas a teatros, atividades artísticas para pessoas cegas que precisam trabalhar os sentidos remanescentes? Como utilizar a recursos de equipamentos e tecnologia assistiva como recurso de acessibilidade para a participação de pessoas cegas no acesso ao cinema? Este projeto de pesquisa, intitulado Inclusão de discentes com deficiência visual no cinema: um passeio pela esteira do olhar como os olhos do Outro, objetiva desenvolver recursos e tecnologias visuais para a acessibilidade de pessoas cegas, com vistas a superação de barreiras de comunicação visual no cinema e igual oportunidade de participação de pessoas cegas aos bens sociais e culturais. Trata-se do desenvolvimento de recurso e tecnologia assistiva para a garantia da informação e comunicação, da acessibilidade, do direito a igualdade de condições para todas as pessoas. Este projeto será desenvolvido por um discente com deficiência visual do Curso de Direito e dois cegos do Centro de Apoio ao Deficiente Visual de Mossoró (CADV), com apoio do Núcleo de Acessibilidade para alunos com deficiência do Colégio Diocesano Santa Luzia de Mossoró (CDSL). Em primeiro, as sessões de narrativas (auto) biográficas será a metodologia utilizada para se chegar às necessidades da comunidade de pessoas cegas em relação às suas dificuldades em participar da programação disponibilizada pelo cinema na cidade de Mossoró em seus sua dificuldade. Em segundo o desenvolvimento dos recursos e tecnologia assistiva para, depois sua aplicabilidade. São muito claras as dificuldades encontradas nos espaços de cinema pelos cegos de como ir, vir, acessar aos espaços físicos e adentrar para uma sessão de cinema que atendam suas limitações. As pessoas cegas apontam como este projeto de desenvolvimento e novação tecnológica trará a quebra de barreiras e nova cultura com a presença de cegos, com sistemática no cinema, como uma via a oportunidade de efetivação de direitos e reconhecem a pertinência desses recursos para a dinâmica de suas vidas em todas as dimensões. É pertinente pensar em uma educação, e uma prática, movidas pela sintonia entre universidade, sociedade, comunidade de pessoas cegas e, com igual força, a visibilidade dentro da universidade para que toda a academia se debruce a trabalhar em suas ações pedagógicas todas as possibilidades dos sentidos remanescentes de uma pessoa cega, a fim de juntos consolidemos a efetiva participação de todos e de todas em igual condição de direitos.. Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (2) Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .

 

 


Atualizado por: Adiza Cristiane Avelino Bezerra em 07/03/2019 (Setor para Contato: FE - Programa de Pós-Graduação )

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
Campus Universitário Central, Rua Professor Antônio Campos, s/n, BR 110, km 48, Bairro Costa e Silva - Mossoró/RN | 59600-000 | propeg@uern.br | (84)3315-2176
© 2012 Agência de Comunicação da UERN - AGECOM | agecom@uern.br | 84 3315-2144 / 3315-2115 | Sistema de Controle de Páginas

^