Pesquisas Concluídas



LINHA DE PESQUISA: FORMAÇÃO HUMANA E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE

 

1. Título do projeto: A contribuição das disciplinas pedagógicas para a formação do professor nas licenciaturas da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Coordenadora: Maria Antônia Teixeira da Costa

Descrição: O projeto ora apresentado: A contribuição das disciplinas pedagógicas para a formação dos professores nas Licenciaturas da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte UERN, foi aprovado pelo PIBIC/CNPq/UERN e está sendo executado desde agosto de 2008. Os resultados parciais das análises das narrativas dos professores colaboradores da pesquisa apontam a necessidade de sua renovação, pois foi constatado por eles que a maioria dos alunos das licenciaturas investigadas demonstram resistências quanto a valorização das disciplinas pedagógicas. Sob essa ótica, temos como objetivo investigar, refletir e acompanhar coletivamente a prática pedagógica de professores da Faculdade de Educação que atuam nas licenciaturas da UERN ministrando disciplinas pedagógicas, bem como realizar atividades com uma parcela de professores das licenciaturas investigadas e de alunos envolvidos, com vistas a possibilitar, como enfatiza Nóvoa (1988), um processo de autoformação para os envolvidos a partir da reflexão-ação na perspectiva de evidenciar a contribuição dessas disciplinas para a formação de professores. Os procedimentos metodológicos a serem referenciados, pautam-se principalmente, na abordagem qualitativa, na Pesquisa-ação. Nesse processo de pesquisa e ação, com enfoque na autoformação, pretendemos que colaboradores e pesquisadores possam interagir na produção de novos conhecimentos (FRANCO, 2005). Como resultados, esperamos mobilizar professores das disciplinas pedagógicas, professores das licenciaturas investigadas através de um processo de reflexão-ação de sua prática pedagógica, onde consigam reconhecer as teorias pedagógicas implícitas à sua prática docente na perspectiva de renová-la ou adequá-la aos pressupostos teórico-metodológicos de Formação de Professores contidos nos Projetos Pedagógicos dos Cursos de Licenciatura da universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

 

2. Título do projeto: A formação de professores experientes no município de Mossoró-Rn: os atuais projetos formativos e as reformas curriculares no ensino fundamenta

Coordenadora: Normândia de Farias Mesquita Medeiros

Descrição: A proposta consiste em analisar os atuais projetos formativos (formação inicial e continuada) ofertada aos professores da rede pública de ensino no município de Mossoró-RN, que atuam nos anos iniciais do ensino fundamental, a partir de um enfoque que busca um paradigma profissionalizante na formação do professor, que compreende os saberes docentes como fundantes da práxis profissional. Paradigma este que defende a formação em nível superior como requisito básico para a profissionalização do ensino. Para conhecer o alcance desses projetos inicialmente será realizado um mapeamento dos cursos de formação desenvolvidos no município e traçado um perfil do(a) professor(a) com experiencia no magistério, mas que só agora realiza uma formação em nível superior. Em seguida avalia-se elementos dos cursos que devem proporcionar mudanças nas atitudes, sobretudo de prática, nas referências a respeito das exigências postas para uma docência profissionalizada. Utiliza-se o estudo documental (documentos oficiais, registros e relatórios dos docentes e das escolas), depoimentos coletados em entrevistas, observação do trabalho docente. O foco está na identificação dos fundamentos da estrutura didático-pedagógica e curricular (base de conhecimento da formação) sobre as quias se apoiam os projetos formativos, em confronto com as orientações prescritas na reforma curricular dos anos 1990, representada pelos Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Fundamental (PCN's), cujo conteúdo e justificativa apontam um perfil docente e trazem à tona alguns fatores básicos da profissão.

 

3. Título do projeto: A passagem do ensino médio ao ensino superior: acesso e inclusão de alunos da rede pública na cultura acadêmica da universidade pública (EDITAL UNIVERSAL CNPQ 50/2006)

Coordenadora: Betânia Leite Ramalho

Descrição: Na passagem do estudante do Ensino Médio à Universidade, o que significa ingressar no Ensino Superior? Ingressar numa Universidade (principalmente pública) será apenas concorrer, aprovar, matricular-se e nela permanecer por quatro ou cinco anos? Quais são os processos de afiliação? Quais são os processos de remanejamento das relações com o saber (e com os saberes)? Quem são os estudantes da rede pública que ingressam nos cursos da Universidade Pública (UFRN) e o que acontece com eles após esse ingresso? Trata-se de um estudo pioneiro, na UFRN,integrado no âmbito da Comissão Permanente do Vestibular da UFRN - COMPERVE, comissão essa que amplia seu campo de atuação,passando a desenvolver estudos sobre o vestibular, o acesso e a inclusão do estudante Universitário (principalmente o aluno egresso da rede pública) na cultura universitária. Toma como objeto empírico os alunos aprovados no vestibular da UFRN por meio de ações inclusivas (isenção da taxa do vestibular e os aprovados por meio do Argumento de Inclusão: um sistema de pontuação acrescentada à média do aluno no vestibular, possibilitando ampliar suas chances de aprovação). Tem como objetivo desenvolver um estudo com elevada base teórico-metodológica sobre as questões acima colocadas, iniciando um processo sistematizado e acompanhamento,reflexão-ação sobre o acesso, a aprovação, a inclusão e a sobrevivência dos estudantes de classes sociais desfavorecidas na Universidade, principalmente no primeiro ano. Insere-se no âmbito dos estudos que propõe-se a colaborar com a política acadêmica da UFRN, gerando informações confiáveis sobre os processos inclusivos adotados nos últimos três anos. Um desdobramento do estudo, já iniciado, é a criação do Observatório da vida do estudante universitário, já em fase avançada de elaboração. Um outro desdobramento será a incorporação de pesquisadores da Universidade Paris VIII e da Universidade Federal de Sergipe, que passa a integrar-se ao presente estudo, desenvolvendo pesquisas acerca das temática acima referidas.

 

4. Título do projeto: A poesia do instante: memórias, saberes e visão de mundo dos poetas repentistas de Mossoró-RN

Coordenadora: Ailton Siqueira de Sousa Fonseca

Descrição: Este projeto está diretamente relacionado as linhas de pesquisa do Grupo de Pesquisa do Pensamento Complexo (do curso de Ciências Sociais) e do Grupo de Pesquisa em Comunicação, Cultura e Sociedade (do curso de Comunicação Social) da UERN. A proposta é de diálogo entre saber erudito e saber popular, entre ciência e consciências do mundo, entre poesia do instante e os instantes carregados de significados que merecem ser conhecidos, estudados, analisados, compreendidos. O projeto pretende compreender como os diferentes saberes se articulam e compõem o imaginário dos poetas repentistas a partir das histórias de vida e da história oral dos poetas e demais sujeitos do universo da poesia popular. Essa pesquisa irá contribuir imensamente para o fortalecimento dos grupos de pesquisas, para a formação dos alunos envolvidos e para o conhecimento de nossa realidade circundante com seus diversos sujeitos e vozes societais.

 

5. Título do projeto: A sabedoria do instante: memórias, saberes e visão de mundo dos poetas repentistas de Mossoró-RN e Açu.

Coordenadora: Ailton Siqueira de Sousa Fonseca

Descrição: Este projeto está diretamente relacionado as linhas de pesquisa do Grupo de Pesquisa do Pensamento Complexo (do curso de Ciências Sociais) e do Grupo de Pesquisa em Comunicação, Cultura e Sociedade (do curso de Comunicação Social) da UERN. A proposta é de diálogo entre saber erudito e saber popular, entre ciência e consciências do mundo, entre a poesia do instante e os instantes carregados de significados que merecem ser conhecidos, estudados, analisados, compreendidos. O projeto pretende compreender como os diferentes saberes se articulam e compõem o imaginário dos poetas repentistas a partir das histórias de vida e da história oral do poetas e demais sujeitos do universo da poesia popular. Essa pesquisa irá contribuir imensamente para o fortalecimento dos grupos de pesquisas, para a formação dos aluno envolvidos e para o conhecimento de nossa realidade circundante com seus diversos sujeitos e vozes societais.

 

6. Título do projeto: Identidades de professores de Ensino Religioso mapeando os/as profissionais de ER a partir do discurso sobre si mesmos e sobre os saberes da docência

Coordenadora: Araceli Sobreira Benevides

Descrição: Discutindo sobre a constituição de processos identitários dos/as professores/as de ensino religioso, pretendemos analisar o discurso que revela quem são os professores e professoras de ER da região metropolitana de Natal/RN e o que enunciam sobre seus saberes, interpretando de onde se originaram e como se constituíram enquanto conhecimento sobre o Ensino Religioso (ER). Para analisarmos os discursos desses/as professores/as, trabalharemos com dados colhidos em entrevista coletiva e em relatos pessoais de professores/as da rede pública estadual da região metropolitana de Natal/RN, dando continuidade aos estudos iniciados por nós anteriormente que abordam os saberes de professores de ensino religioso (BENEVIDES, 2007; 2008a ; 2008b; COSTA; BENEVIDES, 2008; PEREIRA, 2008). Este estudo toma como base o modelo sócio-histórico de linguagem, compreendendo linguagem como uma prática discursiva, que constitui identidades e subjetividades, relacionada a todas as esferas da atividade humana (BAKHTIN, 2003). A pesquisa apresenta ainda a interface com os estudos sobre identidades culturais, destacando aqui, as identidades de professores. Tem respaldo em autores como Hall (2000), Silva (2000), entre outros estudiosos da identidade, em Josso (1988), Nóvoa (1997), entre os pesquisadores sobre a formação docente e histórias de vida de professores, e em Giumbelle e Carneiro (2006), Junqueira (2002), entre os pesquisadores da área do ER. Consideramos que os resultados desta pesquisa poderão nos apresentar uma forma de compreender a realidade da formação e da atuação docente na área de ER que trará um direcionamento para a reflexão e as referências teóricas que envolvem essa área da prática pedagógica tão desconhecida ainda no atual momento.

 

7. Título do projeto: O ensino-aprendizagem de procedimentos para a formação de conceitos científicos do professor

Coordenadora: Anadja Marilda Gomes Braz

Descrição: Esta pesquisa insere-se nas discussões relativas à formação inicial do professor, onde estabelece o ensino-aprendizagem de procedimentos para a formação de conceitos científicos, como objeto de estudo. Partindo de uma problemática cujo ensino escolar, historicamente, vem desenvolvendo uma cultura do "saber" em detrimento do "saber fazer", esse projeto aponta para a necessidade de compreender os conteúdos procedimentais inerentes a formação do pedagogo como condição de ir além da compreensão de conceitos e princípios científicos, viabilizando assim sua transferência para intervir com novas práticas educativas. O interesse está em pesquisar o processo de ensino-aprendizagem dos conteúdos procedimentais para a formação de conceitos científicos no Curso de Pedagogia da UERN, de modo a concorrer com estratégias formativas capazes de favorecer o desenvolvimento profissional do professor, com vista a contribuir para a qualidade de ensino na universidade e, consequentemente, da educação básica.

 

8. Título do projeto: PIBID/UERN: um programa de integração entre Universidade e Escolas Públicas para a formação inicial e continuada de professores da Educação Básica

Coordenadora: Anadja Marilda Gomes Braz

Descrição: O PIBID/UERN revela-se originalmente enquanto um projeto de ensino direcionado à formação inicial de 104 licenciandos, de seis áreas de conhecimento (Física, Química, Biologia, Matemática, Filosofia e Letras) e à formação continuada de 6 professores coordenadores da UERN e 14 professores supervisores, atuantes nas redes públicas de Ensino Médio. Tomando-se como referência o paradigma do desenvolvimento profissional da docência que concebe os processos formativos (inicial e continuado) intrinsecamente vinculados a um emergente perfil de docente (reflexivo, pesquisador, investigador e crítico), o PIBID/UERN revela-se ainda enquanto projeto de pesquisa focando,sobretudo, as necessidades formativas de todos os professores e licenciandos envolvidos. Nesta perspectiva, uma das metas consiste em diagnosticar as necessidades formativas dos bolsistas envolvidos, enquanto instrumentos de referência para subsidiar o planejamento, a execução e avaliação das atividades formativas.

 

9. Título do projeto: Política de Educação Inclusiva, formação e prática: a relação entre o modelo de Educação Inclusiva e as práticas educativas desenvolvidas nas escolas públicas da cidade de Mossoró-RN.

Coordenadora: Ana Lúcia Aguiar Lopes Leandro

Descrição: Objetiva considerar a política de Educação Inclusiva, para alunos com Deficiências e com Necessidades Educacionais Especiais, e sua relação com as metodologias de ensino utilizadas por professores em escolas públicas da cidade de Mossoró-RN, a partir da observação e narrativas de alunos do Estágio Supervisionado do Curso de Pedagogia. Será fundamentada pela metodologia da História Oral, possibilitadora de instrumentos para a análise da observação e narrativas, o que permitirá suscitar informações sobre as metodologias experenciadas pelos professores. Assumir a docência implica a leitura e observação do que prescreve o Programa Mundial de Ação Relativo às Pessoas com Deficiência, de 1983; o que exige a Declaração de Salamanca, de 1994; o que define a Convenção de Guatemala, de 2001; no Brasil, a ratificação da Convenção e Salamanca, sobre o Direito das Pessoas com Deficiência, em seu artigo 24, 1º parágrafo, de 2008. Para citar um exemplo, quanto aos alunos com surdez, a lei é clara, em sua exigência à prática da Língua de Sinais Brasileira, como necessidade educativo pedagógica para garantir o acesso e permanência, com qualidade, a todos os alunos com essa deficiência. Para esta e para outras situações um professor deve exigir-se uma formação continuada, experiências de trabalho coletivo, diálogo entre teoria e prática, heterogeneidade, no olhar para a sala de aula, e atitude, na inclusão com qualidade. A pertinência dessas dimensões, aloja-se no entendimento dos benefícios, para todos, em se tratando da luta pela cidadania. Assim, esta pesquisa, tem como foco central levantar os pontos limites entre o modelo de Educação Inclusiva para alunos com Deficiências e com Necessidades Educacionais Especiais e as metodologias de ensino vivenciadas pelos professores.

 

10. Título do projeto: Tornar-se Universitário: do lugar, do sentido e do percurso do Ensino Médio e da Educação Superior
(PROCAD/CAPES/EDITAL 2007)

Coordenadora: Betânia Leite Ramalho

Descrição:O apresenta uma proposta de criação de Rede de Estudos sobre a Universidade Pública Inclusiva e a Cultura Universitária. A citada Rede está pensada para promover a cooperação e o desenvolvimento de parcerias acadêmicas entre os grupos de pesquisa dos Programas de Pós-Graduação PPGEd - da UFRN, o PPGEd da UNEB, o PPGEd da UFC (Linha de Pesquisa: Educação, Currículo e Ensino) e o PPGEd da UFS. Esta proposta de parceria possibilitará o desenvolvimento de estudos e atividades de pesquisa sobre a Universidade Pública Brasileira, no contexto da Região Nordeste, na qual os problemas sociais e educacionais são expressão de históricas desigualdades, com repercussões graves na qualidade da educação e no acesso da grande maioria da população aos estudos universitários. Existe, portanto, uma necessidade imperativa de se estudar e compreender as relações complexas entre a Universidade Pública e a Educação Básica no Brasil. Nessa perspectiva, a Rede de Estudos em questão propõe-se a desenvolver pesquisas visando articular ações e projetos que integrem professores universitários, graduandos, mestrandos e doutorandos, com as demandas educacionais do sistema público de ensino. Esse compromisso se traduzirá em criar estratégias de inclusão acadêmica e pedagógica que possibilitem a integração entre os grupos de docentes/pesquisadores da pós-graduação e da graduação (cursos de formação de professores) com o coletivo de gestores e professores da educação básica. A criação de um Observatório Regional do Estudante Universitário (OREU), um dos desdobramentos do Observatório do Estudante Universitário em fase de implantação na UFRN, poderá se constituir como um grande Centro de Documentação e Informações (estatísticas e documentos de referência) sobre os estudantes que ingressam nas IES participantes deste Projeto (UFRN, UFC, UNEB e UFS), cujo foco se volta para as questões do acesso e da inclusão dos egressos da rede pública de ensino ao Ensino Superior da Universidade Pública.

 

LINHA DE PESQUISA: POLÍTICAS E GESTÃO DA EDUCAÇÃO


1. Título do projeto: Do novo ao integrado ensino médio: a implementação das reformas educacionais na Escola Estadual Professor Abel Freire Coelho

Coordenadora: Jean Mac Cole Tavares Santos

Descrição: Neste projeto analisaremos a implementação das políticas governamentais do Ministério da Educação para o ensino médio, nos governos de Fernando Henrique Cardoso e de Luís Inácio Lula da Silva, na Escola Estadual Professor Abel Freire Coelho na cidade de Mossoró. Nosso interesse é percebermos a incorporação ou não, as adaptações e as resistências às políticas governamentais representadas pelas ações do MEC. Partiremos de estudos sobre o currículo escolar, o Projeto Político Pedagógico e o Plano de Desenvolvimento da Escola. Buscaremos, ainda, na prática escolar, na construção do discurso de gestores e docentes sobre a função da escola e sua relação com a sociedade e o mundo do trabalho, os elementos das duas reformas. Atentaremos para as contradições entre as práticas e os discursos, para o conhecimento das bases legais que norteiam as intervenções estatais, para as condições estruturais para a consolidação das propostas e suas devidas consequências, e para a sobreposição, nos discursos e nas práticas, das duas intervenções. Contamos com apoio da FAPERN através do Edital No. 15/2009.

 

2. Título do projeto: Escolas públicas estaduais em Mossoró-RN: um estudo sobre sua crise.

Coordenadora: Arilene Maria Soares de Medeiros

Descrição: A escola pública brasileira atravessa inúmeras crises, instaladas em diversas dimensões do processo educativo: pedagógica, administrativa, financeira, para as quais os pesquisadores da educação têm buscado respostas e alternativas. Nesta perspectiva, este projeto de pesquisa objetiva investigar a crise da escola pública da rede estadual de ensino na cidade de Mossoró-RN, apreendendo os fatores políticos, sociais, administrativos e pedagógicos que vêm contribuindo com seu estado de decadência e esvaziamento. Parte-se do pressuposto que a educação formal é um direito social, cabendo ao Estado e à família provê-lo, de maneira que assegure sua qualidade. A relevância desta pesquisa torna-se inquestionável na medida em que se procura compreender os fatores que ocasionam o esvaziamento da escola pública, buscando contribuir com as possíveis soluções. Trata-se de uma pesquisa exploratória, de natureza qualidade, que adotará como procedimento básico a análise documental e entrevista semi-estruturada com os profissionais que atuam na 12ª Diretoria Regional de Educação (DIRED), sendo os responsáveis pela condução das políticas educacionais no contexto local; com os gestores escolares, professores, representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação.

 

3. Título do projeto: Formação, ocupação e emprego na região de Mossoró: a escola pública de ensino médio reformada e a inserção no mutante mundo do trabalho. 2a. FASE

Coordenador: Jean Mac Cole Tavares Santos

Descrição: Neste projeto continuamos o estudo das principais características da formação escolar ofertada aos alunos das escolas públicas de ensino médio regular no Oeste Potiguar e sua relação com o mundo do trabalho existente na região iniciadas na fase 1. Agora contamos com o apoio (auxílio financeiro) da FAPERN através do edital No. 16/2009. A intenção é, além de retomar os contatos com as escolas pesquisadas, percebendo os novos rumos do ensino médio integrado, aprofundarmos a leitura das "habilidades" e "competências" exigidas no mundo do trabalho existente em Mossoró. Assim, esperamos sintetizar a análise da formação escolar no ensino médio e suas relações com o mundo do trabalho existente na região de Mossoró.

 

4. Título do projeto: Teoria Social e Saúde: perspectivas a respeito da vida saudável

Coordenador: Ivonaldo Neres Leite

Descrição: Situado no âmbito do tema Ciências Humanas e Saúde, o Projeto parte do seguinte problema de investigação: Quais são as principais contribuições da Teoria Social para estruturação do campo da Saúde Coletiva? Assim, o seu objetivo geral é realizar uma análise dessas contribuições, tendo em conta objetivos específicos como: a) descrever os aspectos constituintes do campo da Saúde Coletiva; b) realçar as conexões fundamentais entre Teoria Social e Saúde. Do ponto de vista da operacionalização metodológica, como pesquisa exploratória, tem-se em perspectiva a revisão da literatura sobre o assunto, a investigação de memórias de eventos (como os da ABRASCO) e o estudo de trabalhos defendidos em pós-graduações.


5. Título do projeto: Democratização do acesso ao cargo de diretor nas Escolas Públicas Municipais  de Mossoró-RN

Coordenadora: Arilene Maria Soares de Medeiros

Descrição: A democratização do acesso ao cargo de diretor escolar consiste em motivo de muitas discussões no Brasil, haja vista sua relevância no processo de construção democrática no interior dos sistemas de ensino e das unidades escolares. O sistema de ensino mossoroense conta atualmente com trinta e nove escolas na zona urbana, sendo que desse total participaram da presente pesquisa 28% dos estabelecimentos de ensino e 100% dos que tiveram seus diretores selecionados em 2006. Na realidade local, a democratização do acesso ao cargo de diretor é decorrência da adesão do Município a uma parceria com o Instituto Airton Senna, a qual somente poderia ser firmada mediante o atendimento de algumas exigências, inclusive, a de democratizar o acesso ao cargo de diretor. Nesse processo, foram excluídos os vice-diretores e diretores que atuam na educação infantil.  Revelou-se que 91% dos diretores, 100% dos vices, 75% das supervisoras e 83% dos professores estão de acordo com o processo seletivo, considerando salutar as mudanças na postura profissional do diretor após o processo seletivo, pois consideram que este profissional está mais presente na escola, mais comprometido com as questões pedagógicas e mais responsável com a qualidade da educação pública, entretanto, quanto à independência em relação ao sistema e à autonomia para criar/inovar, admitiram que esses aspectos precisam ser aperfeiçoados. Enfim, reconhece-se os avanços e os recuos da política educacional mossoroense no que se refere à democratização do acesso. Não é apenas democratizando o acesso que se garante a democratização no contexto escolar, mas é democratizando a escola por dentro que se altera a cultura escolar.


6. Título do projeto: Democratização da gestão nos Sistemas Municipais do Oeste Potiguar: um estudo dos mecanismos de escolha do diretor

Coordenadora: Arilene Maria Soares de Medeiros

Descrição: A presente investigação apresenta como objetivo geral discutir a democratização da gestão no contexto do Rio Grande do Norte, apreendendo as diferentes formas e mecanismos adotados pelos sistemas municipais para o provimento do cargo de diretor escolar, tendo em vista o atendimento dos dispositivos legais e constitucionais do “princípio da gestão democrática do ensino público”. Trata-se de uma pesquisa exploratória que adota como procedimentos básicos: análise das propostas de democratização dos sistemas e aplicação de questionários com os dirigentes municipais de educação. Os dirigentes admitiram que a escolha, mesmo sendo por indicação política, leva em consideração alguns critérios, como: compromisso, Plano de Carreira, ser efetivo na rede municipal de ensino, bem como tempo de experiência. Apenas o Município B faz o uso da eleição para escolha de diretores, sendo este município o que apresenta os piores indicadores sociais e educacionais. Defende-se que os dirigentes municipais precisam ser mais propositivos no sentido de viabilizar políticas educacionais voltadas para a democratização da gestão, envolvendo a comunidade escolar, alunos, funcionários e professores nas decisões escolares, fazendo uso de estratégias que venham reforçar a democratização da gestão, rompendo com o clientelismo tão vigente nas municipalidades do Oeste Potiguar.

 

 

 


Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
Campus Universitário Central, Rua Professor Antônio Campos, s/n, BR 110, km 48, Bairro Costa e Silva - Mossoró/RN | 59600-000 | propeg@uern.br | (84)3315-2176
© 2012 Agência de Comunicação da UERN - AGECOM | agecom@uern.br | 84 3315-2144 / 3315-2115 | Sistema de Controle de Páginas

^