Estágio Docente


 

 

Conforme Regimento do Curso:

 

Art. 48. O pós-graduando em estágio de docência é um aluno bolsista, regularmente matriculado no Curso que, no exercício de suas atribuições como estagiário docente, tem a oportunidade de ampliar a sua formação didático-pedagógica, atuando em disciplinas dos Cursos de graduação nas condições deste Regimento.
§ 1º O estágio de docência é obrigatório para alunos bolsistas que não apresentem experiência comprovada como docente no Ensino Superior.
§ 2º O aluno não bolsista regularmente matriculado no Curso poderá realizar o estágio de docência mediante indicação ou exigência do orientador e homologação pelo Colegiado do Curso.
 
Art. 49. O estágio de docência do pós-graduando deverá ser requerido pelo aluno, por escrito, durante seu primeiro ano no Curso de pós-graduação, com anuência do professor orientador, ao Coordenador do Curso, que deverá encaminhá-lo ao responsável pelo departamento ao qual a disciplina, em que será realizado o estágio de docência, encontra-se vinculada;
§ 1° O requerimento deve ser apresentado juntamente com o comprovante de matrícula, no semestre em que será realizado o estágio de docência, com o comprovante de bolsa de mestrado, quando for o caso, e com um termo de compromisso que garanta o conhecimento,
por parte do aluno, do regimento e das atribuições do pós-graduando.
§ 2° O requerimento para a realização do estágio de docência na graduação deverá vir acompanhado ainda dos planos de disciplina e atividades docentes, além de informações sobre o número de alunos e turmas, bem como a respectiva carga horária.
§ 3° No plano de atividades, a ser desenvolvido pelo pós-graduando em estágio de docência, deverão constar: dados de identificação, ementa da disciplina, objetivos, conteúdos, metodologia, avaliação e referências.
 
Art. 50. O pós-graduando em estágio de docência será acompanhado pelo professor orientador de sua dissertação e pelo professor titular da disciplina;
§ 1º O estágio deverá realizar-se ao longo de 1 (um) semestre.
§ 2º Será exigido um número mínimo de trinta horas/aula (2 créditos), considerando-se a colaboração do estagiário em atividades teóricas e/ou práticas em disciplinas de graduação.
§ 3º O estágio não poderá coincidir com dias e horários do Curso de pós-graduação em que o aluno estiver matriculado, interrompendo e/ou prejudicando o fluxo de sua formação.
§ 4º O estágio contará 02 (dois) créditos para o aluno, os quais devem ser registrados no seu histórico.
§ 5º Admitir-se-á a realização do estágio de docência na rede pública do ensino médio, conforme determinação da CAPES e parecer do orientador.
 
Art. 51. São atribuições do pós-graduando em estágio de docência:
  1. colaborar com o professor responsável pela disciplina:

          a) em atividades complementares necessárias ao seu bom andamento;
          b) no desenvolvimento de seminários, na divulgação de pesquisa ou outras atividades que objetivem acréscimos aos conhecimentos trabalhados em aula;
          c) na confecção e apresentação de material didático e busca de bibliografia necessária ao bom funcionamento da disciplina;
          d) no atendimento especial em relação à orientação de trabalhos de alunos regularmente matriculados nessa disciplina;
          e) em atividades de pesquisa relacionadas diretamente à investigação do cotidiano da disciplina em que é realizado o estágio.

          2.  apresentar relatórios sintéticos sobre aspectos metodológicos a partir da observação das atividades desenvolvidas durante o estágio de docência, bem como avaliação da qualidade da própria produção.

Parágrafo único: Fica a critério do Colegiado do Curso a manutenção da bolsa de alunos que não satisfaçam adequadamente as cláusulas previstas neste Regimento.
 
Art. 52. São atribuições do professor responsável pelo pós-graduando em estágio de docência:
  1. controlar a freqüência estabelecida no plano de atividades;
  2. orientar continuamente as tarefas propostas ao pós-graduando;
  3. avaliar as atividades do pós-graduando e emitir parecer conclusivo ao final do estágio de docência.
 
Art. 53. É vedado ao pós-graduando em estágio de docência:
  1. ministrar aulas teóricas e/ou práticas em substituição ao professor responsável pela disciplina de graduação;
  2. atribuir graus em trabalhos e/ou exercícios de avaliação do aproveitamento dos alunos da disciplina.
 
Art. 54. É vedado ao professor responsável pelo pós-graduando em estágio de docência:
  1. fazer-se substituir em toda e qualquer atividade no âmbito da Universidade;
  2. eximir-se de responsabilidades inerentes à docência na disciplina de graduação definidas, semestralmente, no departamento ao qual a disciplina está vinculada.
 
Art. 55. O pós-graduando em estágio de docência que tiver cumprido integralmente suas obrigações terá direito a um Atestado que poderá requerer na respectiva Unidade Acadêmica e que será expedido sem ônus ao aluno/bolsista.
 
Art. 56. A avaliação do aproveitamento do estagiário docente será realizada com base em critérios estabelecidos, com a sua participação, sob a responsabilidade do orientador, ouvido o professor responsável pela disciplina (caso sejam diferentes) e analisados os resultados de avaliação efetuada pelos alunos das turmas atendidas.
 
Art. 57. O exercício das funções do estagiário docente não desobriga o aluno de nenhum de seus deveres acadêmicos no Curso.
 
Art. 58. Do estágio docente não resultará nenhum vínculo empregatício entre o estagiário e a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) ou qualquer outra instituição de ensino.

 

 

 

 

 

 

 

 


Atualizado por: Ricardo Soares Abrantes em 12/06/2017 (Setor para Contato: C.A. P.FERROS - Diretoria do Campus Avançado de Pau dos Ferros )